Exposição no Recife une peças da arte popular a objetos utilitários para representar o Nordeste
05/08/2017 - 15h12 em Exposição

 

Até o dia 4 de fevereiro de 2018, o Museu do Homem do Nordeste, localizado na Zona Norte do Recife, recebe a exposição ‘Nordeste Mix’, que aborda a representação da região por meio de sua cultura material. Entre os atrativos da mostra, estão quadros de José Patrício, a arte popular de Nuca da Tracunhém, fotos de Josias Benício, pinturas de Chico da Silva e Bajado, além de obras do artista urbano Jota ZerOff e do artesão Mestre Cunha.

A exposição, que ocupa a Sala Mauro Mota do museu localizado no bairro de Casa Forte, também contempla objetos anônimos, como o porco metálico da loja de chinês e a guirlanda de flores de plástico. Com o objetivo de mostrar a coexistência da arte, do artesanato e do design, peças da arte popular e objetos utilitários como o raspa-coco e a cuscuzeira dividem o mesmo espaço que peças de designers contemporâneos, como Sérgio Matos, Pedro Henrique, Eudes Mota.

Reunindo variadas estéticas, a exposição leva em conta os processos que permeiam o universo da cultura material nordestina. Entre eles, a pressão exercida pela cultura de massa sobre a cultura popular; a transição do artesanato para o design; e a folclorização dos estereótipos contraposta à existência de uma arte identitária.

 

Serviço

Exposição ‘Nordeste Mix’

Museu do Homem do Nordeste - Avenida 17 de Agosto, 2187, Casa Forte, Recife

Até 4 de fevereiro de 2018

Visitação: terça a sexta, das 9h às 17h, sábados e domingos, das 13h às 17h

Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)

 

 

Fonte: g1.globo.com/pe

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!