Frevo, passeios e ações ambientais no fim de semana
13/09/2019 11:10 em Lazer

 

O fim de semana na capital pernambucana está repleto de atrações. Nesta sexta (13), o Paço do Frevo apresenta uma edição especial do projeto A Hora do Frevo, em comemoração ao Dia Nacional do Frevo. Integrantes do grupo Reverbo falam sobre suas ações e estratégias no terceiro módulo do Projeto La Ursa, também no Paço. O Museu Murillo La Greca abriga exposição de Heitor Dutra.

 

Abrindo as atividades da Primavera dos Museus, no sábado (14), o Olha! Recife oferece um tour de ônibus ao Museu do Estado de Pernambuco, nas Graças, e ao Museu de Arte Sacra de Pernambuco, em Olinda. No domingo (15), tem passeio a pé para contar a história da formação da cidade. Jardim Botânico e o Econúcleo Jaqueira oferecem caminhada ecológica, oficinas e meditação.

 

Paço do Frevo apresenta Quinteto Arraial nesta sexta

 

A Hora do Frevo, que tem como objetivo subverter com cultura a correria do dia a dia e encher de conteúdo e festa o horário livre para almoço, tem 45 minutos de duração, é gratuita e aberta ao público. Nesta sexta (13), o centro cultural mantido pela Prefeitura do Recife, recebe uma edição especial da Hora do Frevo, com a participação do Quinteto Arraial, a partir do meio dia. O evento celebra o Dia Nacional do Frevo, que é comemorado no sábado (14).

 

O Quinteto Arraial é formado pelos músicos Paulo Nascimento, Gilda Alves, Fábio César, Romero Bonfim e Parrô Melo. Os dois últimos assinam a música Primeiro de Maio, classificada em primeiro lugar na categoria Frevo Livre Instrumental – Autoral no Festival Nacional do Frevo do ano passado. Parrô também é compositor da música Adriana no Frevo e Cia, terceira colocada da categoria Frevo de Rua em 2018.

 

“É muito nobre a função do Festival, de fomentar a cultura, abrilhantando e renovando o frevo, a partir da revelação de novos compositores, novos arranjadores e novos cantores. O Festival confirma o esforço e o cuidado da Prefeitura para que o frevo siga vivo e para que nossos filhos sigam cultivando essa cultura, que é recifense na essência”, celebra Parrô.

 

Sobre o Festival – Na edição 2019, o Festival Nacional do Frevo premiará, com valores que variam de R$ 6 mil a R$ 10 mil, composições inéditas em quatro categorias: Frevo de Rua, Frevo de Bloco, Frevo Canção e Frevo Livre Instrumental - Autoral.

 

Ao todo, serão distribuídos R$ 104 mil entre os vencedores, para fomentar a cadeia produtiva do Frevo e garantir que os clarins possam soar além do reinado de Momo, perpetuando-se tradição viva e vivida ao longo de todo o ano na capital pernambucana.

 

As inscrições estarão abertas até o próximo dia 20 de setembro, num processo todo online, no site http://festivalnacionaldofrevo.recife.pe.gov.br. Entre os documentos exigidos para a inscrição estão: ficha de inscrição preenchida, cópias do RG e CPF e comprovante de endereço dos candidatos, além de gravação da música que entrará na disputa.

 

Paço do Frevo recebe integrantes do Reverbo

 

O Paço do Frevo promove, neste sábado (14), o terceiro módulo do Projeto La Ursa: processo coletivo e colaborativo para a economia do frevo que conta com a mentoria de André Lira, músico, empreendedor e consultor de negócios.  Integrantes do coletivo Reverbo, representantes da cena musical autoral pernambucana, participam das atividades dessa edição.

 

Flaira Ferro, Juliano Holanda, Thiago Martins e Vinícius Barros compartilharão suas experiências no ramo, com objetivo de estimular novas ideias de sustentabilidade econômica para a comunidade do frevo, composta por outros artistas, artesãos, foliões e membros de agremiações. Às 16h, os artistas finalizarão os debates e darão seguimento ao Sábado no Paço, programação regular do museu que oferece shows inclusos no valor do ingresso.

 

No dia seguinte (15), às 15h, o projeto La Ursa continua apenas com as pessoas inscritas na ação continuada e que participaram dos módulos anteriores.

 

Serviço

 

Projeto La Ursa com Flaira Ferro, Juliano Holanda, Thiago Martins e Vinícius Barros

14/09, das 14h às 16h, no Paço do Frevo.

Acesso gratuito, sujeito à lotação.

Sábado no Paço com Flaira Ferro, Juliano Holanda, Thiago Martins e Vinícius Barros (Coletivo Reverbo)

14/09, 16h, no Paço do Frevo.

Acesso incluso no ingresso.

 

Funcionamento

 

Horários: Terça (entrada gratuita) a sexta, das 9h às 17h. Sábado e domingo, 14h às 18h (Última entrada até 30 minutos antes do encerramento das atividades do museu).

 

Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia).

Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, s/nº, Bairro do Recife.

Informações: 3355-9500 e http://www.pacodofrevo.org.br/programação

 

Museu Murillo La Greca abriga exposição de Heitor Dutra

 

Investigando o corpo a partir de diferentes técnicas de pintura e colagem, o artista plástico Heitor Dutra apresenta sua primeira individual no Museu Murillo La Greca. A Exposição Escola de Artes Aplicadas, que fica em cartaz até o dia 28 de setembro, conta com curadoria e colaboração artística de Daniel de Andrade Lima e traz um corpo de obras inéditas, produzidas especificamente para o conjunto da exposição.

 

As obras, predominantemente figurativas, jogam com diversas referências do repertório visual contemporâneo, estabelecendo diálogos com a história da arte europeia canônica, mas também com produtos midiáticos da cultura pop, com estéticas das artes queer e com materiais industriais de produtos de consumo.

 

Mas todos esses caminhos levam ao corpo: a partir de diferentes modos de pintar e de compor, Heitor Dutra fabula diversamente o corpo masculino, jogando com repertórios de culturas homoeróticas e com as figuras que habitam o imaginário das obras neoclássicas.

 

As pinturas foram criadas a partir de uma parceria com Daniel de Andrade Lima, que atuou como modelo vivo e também como curador.

 

Serviço

 

Exposição Escola de Artes Aplicadas, por Heitor Dutra

Local: Museu Murillo La Greca (Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim)

Abertura: 10/09, às 19h

Exposição: 11/09 a 28/09

Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 09 às 12h e das 14 às 17h

Sábados, das 15 às 18h

Classificação Indicativa: 16 anos

Agendamentos de Visitas

Email: educativommlg@gmail.com

Telefone: (81) 3355-3126

 

Museu celebra 120 anos do pernambucano Murillo La Greca

 

Filho de um casal de imigrantes italianos, o pintor Murillo La Greca nasceu no dia 3 de agosto de 1899, na cidade de Palmares, região da Mata Sul de Pernambuco. Responsável por produzir obras importantes - a exemplo dos belos afrescos que ilustram a Basílica da Penha, no bairro de São José, no Recife -, ele também foi professor e um dos fundadores da Escola de Belas Artes de Pernambuco, que deu origem ao atual Centro de Artes e Comunicação (CAC) da UFPE.

 

Para comemorar os 120 anos do artista pernambucano, o museu que leva o nome dele montou a exposição “O que não é desenho?". A mostra de longa duração é focada nos desenhos produzidos por La Greca, e reúne 50 peças pertencentes ao acervo geral, formado por 1400 desenhos.

 

Museu Murillo La Greca, Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim

Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 09 às 12h e das 14 às 17h

Sábados: 15h às 18h

Agendamento de visitas pelo e-mail: educativommlg@gmail.com

Informações: (81) 3355.3126

@MurilloLaGreca (Instagram) ou Museu Murillo La Greca (Facebook). 

 

Exposição "Cinco Pontas" no Museu da Cidade

 

No Museu da Cidade, localizado no Forte das Cinco Pontas, no Bairro de São José, a exposição "Cinco Pontas" está aberta à visitação gratuita aos sábados e domingos, reunindo achados arqueológicos, pinturas e documentos que mostram a importância da fortificação em diversos momentos históricos da capital pernambucana. Em quase 400 anos de existência, o local já foi base para navegadores, depósito, prisão e quartel militar.

 

Informações: (81) 3355-9540. Saiba mais: www.museudacidadedorecife.org .

 

MEIO AMBIENTE

 

Fim de semana com caminhada ecológica, oficinas e meditação no Jardim Botânico e Econúcleo Jaqueira

 

Para quem estiver a fim de aproveitar o sábado (14) e domingo (15) com muita diversão, contato com a natureza e conhecimento ambiental, a Prefeitura do Recife oferecerá várias atividades educativas e de lazer no Econúcleo do Parque da Jaqueira, na Zona Norte, e no Jardim Botânico (JBR), Zona Oeste.

 

A programação, coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS), é gratuita e voltada para todos os públicos. Os visitantes do espaço poderão conferir desde apresentação de fantoches e contação de histórias para os pequenos, até oficina de mudas e caminhada ecológica. 

 

Confira a programação completa nos Econúcleos nesse final de semana:

 

Econúcleo Jaqueira, Sábado (14)

9h – Apresentação do espaço sustentável com fantoche da turma Mangue e Tal

09h40 -  Em cena verde: Teatro de animação com resíduos sólidos

11h – Oficina sensorial com plantas medicinais

14h – O Meio que se conta: contação de histórias com miniaturas “Jô e o segredo das árvores”

15h – Borboletando coisa e tal + oficina de criação borboletando no jardim

16h30 – Do PET ao som: oficina de percussão com garrafa PET

 

Domingo (15)

 

09h - Meditação com o grupo Sahaja Yoga

10h – Apresentação do espaço sustentável com a Turma Mangue e Tal (Jô)

10h – Trilha Ambiental “Trilha de histórias”

11h – Em cena verde com Astrogilda e Alcebíades (sobre a temática do dia)

14h – O Meio que se conta: contação de histórias “Pedrinho e o barco”

15h – Oficina de mudas “Plantando o Futuro”

16h – Oficina de criação: Arte no Meio

 

Econúcleo Jaqueira

 

R. do Futuro, 959 - Jaqueira

De quinta à domingo, das 9h às 17h

Entrada gratuita

Jardim Botânico, Sábado (14)

09h – Caminhada Ecológica - Trilha Selvagem

10h – Resíduos nos eixos: oficina de bancos com garrafa PET

14h - O Meio que se conta: contação de histórias “Comadre Florzinha, como tudo começou”

15h - Oficina de criação “Arte no Meio”

 

Domingo (15)

09h – Caminhada Ecológica: Olhando e ouvindo o pulmão do mundo

10h – Corpo e movimento poético: oficina de expressão corporal

11h – Cine Ambiental: refletindo sobre a poluição

14h30 – Caminhada Ecológica: Olhando e ouvindo o pulmão do mundo

15h – Cine Ambiental: refletindo sobre a poluição

Jardim Botânico do Recife

BR ­232, km 7,5 - Curado

De terça a domingo, das 9h às 15h30

Entrada: gratuita

 

TURISMO E LAZER

Museus são destaques dos próximos passeios do Olha! Recife

 

Desbravando dois museus da cidade, o Olha! Recife de ônibus vai levar os inscritos a um dos mais importantes museus da cidade, o Museu do Estado de Pernambuco, e ao Museu de Arte Sacra, que ocupa um antigo palácio episcopal no Alto da Sé, em Olinda. A saída para este passeio será às 14h, da Praça do Arsenal.

 

Apresentando a história da formação da cidade, o Olha! Recife a pé do domingo levará os participantes a conhecer ruas e arquiteturas históricas, passando pelo Bairro do Recife, Cais do Imperador, Pátio de São Pedro, Mercado de São José e outros. O ponto de encontro para este passeio é a Praça do Arsenal, às 9h.

 

Os passeios são gratuitos, mas é necessário se inscrever para garantir a vaga. As inscrições estarão abertas a partir das 9h, nesta sexta-feira (13), pelo site www.olharecife.com.br.

 

SERVIÇO

 

Olha! Recife de ônibus (sábado)

Tema: Primavera dos Museus

Dia: 14/09

Hora: 14h

Saída: Praça do Arsenal

 

Olha! Recife a pé (domingo)

Tema: Formação e Transformação do Recife

Dia: 15/09

Hora: 09h

Saída: Praça do Arsenal

 

 

 

Fonte: PCR

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!