Paço do Frevo celebra Semana da Consciência Negra com programação gratuita
22/11/2019 11:17 em Lazer

 

O Frevo é também a resistência da cultura negra - muitas vezes marginalizada, invisibilizada ou mesmo apropriada. Mas o frevo persiste ao tempo e aos desafios pela força transformadora da tradição popular. Nesta Semana da Consciência Negra, o Paço do Frevo, equipamento cultural mantido pela Prefeitura do Recife, realiza a segunda edição do show "Negro Frevo", em homenagem aos compositores negros do ritmo. O evento, realizado gratuitamente nesta sexta (22), ao meio-dia, trará o encontro inédito dos músicos César Michiles (flauta), Beto Hortis (acordeon), Leo de Castro (bateria) e Jefferson Cupertino (baixo), que apresentarão releituras de frevos clássicos e contemporâneos.

 

Já no sábado (23), às 15h, a poeta, escritora e MC Bione realiza a sua oficina "Rimando Frevo Com Poesia", voltada ao público jovem interessado em frevo e no rap. Assim como o frevo, o hip hop é uma expressão cultural das ruas que envolve dança, música, arte e poesia. A vivência propõe a construção de poemas num processo de aprendizagem coletiva, que reflete e aborda a origem do Frevo e a construção de sua identidade afrobrasileira. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site do Paço do Frevo (pacodofrevo.org.br/programacao).

 

Serviço:

 

Hora do Frevo: Frevo Negro

22/11, 12h | Acesso gratuito.

 

Oficina: rimando frevo com poesia

23/11, 15h | |Acesso gratuito mediante inscrição no site do Paço.

 

Funcionamento

Horários: Terça (entrada gratuita) a sexta, das 9h às 17h. Sábado e domingo, 14h às 18h (Última entrada até 30 minutos antes do encerramento das atividades do museu).

 

Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia).

Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, s/nº, Bairro do Recife.

Informações: (81) 3355-9500 e http://www.pacodofrevo.org.br/programacao

 

Paço do Frevo - O espaço cultural  apresenta-se como um local de incentivo à difusão, à pesquisa, e à formação de profissionais nas áreas da dança e da música, dos adereços e das agremiações do frevo. Ao longo de cinco anos, recebeu mais de 570 mil visitantes, teve mais de 2 mil alunos formados em suas

atividades e promoveu mais de 500 apresentações artísticas. Localizado na Praça do Arsenal da Marinha, no Bairro do Recife, o Paço é uma iniciativa da Fundação Roberto Marinho, com realização da Prefeitura do Recife e gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). O projeto conta com o patrocínio do Grupo Globo através do Ministério da Cidadania, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. 

 

 

 

Fonte: PCR

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!